Início Comportamento 7 coisas que seu gato odeia sobre a caixa de areia

7 coisas que seu gato odeia sobre a caixa de areia

COMPARTILHAR
Gatos são exigentes com a caixa de areia

Os gatos são acostumados desde pequenos a fazer suas necessidades nas caixas de areia e, isso nem precisa ser ensinado, é completamente natural, são seus instintos que o fazem assim. Como felinos, eles sentem que é importante esconder suas fezes e urinas para que não atraiam predadores, por isso, na hora de utilizar a caixa de areia eles cavam um buraco para usar, escolhem a posição, escondem, cheiram, saem da caixa, cheiram novamente e, só depois disso que vão se limpar.

Esse comportamento mantém os gatos saudáveis tanto mentalmente quanto fisicamente e é por isso que a caixa de areia é muito importante para manter a vida saudável do seu felino. Se deixada de uma maneira diferente da que gosta, ele pode acabar não utilizando e causando problemas renais ou urinários. Por isso, nós fizemos uma lista de coisas que seu gato não gosta sobre ela, para você corrigir no dia-a-dia do seu gato.

 

  1. Tamanho

Quanto ao banheiro, os gatos são bem espaçosos e não gostam de bandejas sanitárias pequenas, já que adoram dar uma voltinha antes de usá-las. Por isso, o tamanho ideal da caixa é 1,5 vezes o tamanho do gato (do nariz até o fim do rabo), permitindo que ele se movimente, cave e utilize, sem precisar pisar fora da caixa de areia.

Caso você tenha um gato filhote, o ideal é comprar uma caixa grande pensando no futuro, para que não precise trocar quando ele atingir o tamanho adulto. Mas, se optar por comprar uma caixa pequena, você pode aumentar a caixa e a areia conforme ele for crescendo.

 

  1. Areia

Como já falamos, os gatos adoram cavar. E uma maneira de saber se ele está ou não gostando da areia, é perceber que ele não está cavando. A maioria dos felinos gostam de areias finas que não machuquem as patas, com uma textura fácil para cavar, mas, esse gosto varia de gato para gato. Um dos principais focos é que a areia não tenha cheiro e não levante poeira, para fazer com que ele se acostume mais rápido.

Saiba mais sobre a Areia Higiênica para gatos.

 

  1. Localização

Os peludos são bem exigentes e gostam de fazer suas necessidades em lugares com uma boa localização. A caixa deve, de preferência, estar em um lugar onde ele tenha fácil acesso e, como eles são sensíveis ao cheiro, também deve ficar longe da água e da comida. Além disso, deve ser um cômodo que não tenha muito barulho para não os assustar quando estiverem usando. Você também pode testar os melhores lugares, colocando várias caixas diferentes pela casa e você vai saber onde é o lugar preferido dele.

Caso tenha mais de um gato, pense na acessibilidade da caixa de areia, pois eles se sentem ameaçados facilmente e, com isso, precisam de uma caixa na qual eles consigam entrar e sair rapidamente. Para deixar uma boa acessibilidade, você pode colocar a caixa em um canto e deixá-la na diagonal, dando espaço para caso ele precise sair correndo daquele canto.

 

  1. Cobertura

Muitos pensam que a caixa de areia fechada, será uma boa opção. Mas essa boa opção vai ser apenas para os humanos, evitando sujeira e odores no ambiente, já o gato talvez não goste tanto.

As caixas de areia cobertas são pequenas para eles, do mesmo jeito que os banheiros químicos são para nós. Eles precisam de um lugar amplo para se movimentarem e para evitar mostrar que passaram por ali, pois a caixa coberta pode diminuir o odor fora dela, mas dentro, o cheiro fica muito forte até para ele.

 

 

  1. Sujeira

Assim como nós, os felinos não gostam nem um pouco de sujeira e precisam de uma caixa e areia limpas para fazer suas necessidades. Eles não podem limpá-las sozinhos, então você precisa ficar de olho e ver quando há sujeira para tirar de lá. Recolha as fezes e urina do gato rapidamente, para evitar que a areia fique úmida.

Eles também não gostam quando a areia gruda em suas patinhas, o que você pode tentar resolver, colocando um tapete na frente da caixa para que, na hora de sair, ele pise lá e evite que a areia grude em suas patas.

 

  1. Dividir

Os gatos também gostam de ter privacidade, então não gostam de compartilhar a própria caixa de areia com outros gatos da casa. O ideal é que para cada gato que você possua em casa, tenha uma caixa de areia e mais uma extra, espalhada na casa.

 

  1. Pouca areia

Como eles gostam de cavar, é muito importante que tenha areia suficiente para que eles possam fazer isso e ainda enterrar suas necessidades. Não existe uma quantidade ideal, isso varia de gato para gato, mas você pode experimentar quantidades diferentes de areia para saber quanto o seu peludo prefere.

O gosto pela caixa de areia varia entre eles, mas lembre-se de que os filhotes, idosos, doentes ou com dificuldades de locomoção precisam de um cuidado especial e adaptações para as caixas de areia.

Para eles, é necessário que a borda da bandeja sanitária seja mais baixa, fazendo com que eles se movimentem melhor. Os idosos podem preferir areias mais finas e em menor quantidade para que possam senti-las e cavar melhor. Já os doentes, machucados ou com problemas de locomoção podem preferir que a caixa fique mais próxima de onde ficam.

Agora, sabendo do que ele gosta e não gosta, fica muito mais fácil de lidar com eles diariamente. Com essas dicas você pode garantir de que ele irá utilizar muito mais o banheiro dele, mas lembre-se que cada gato tem gostos diferentes, é preciso observá-lo para ter certeza do que eles mais gostam.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNome de cachorro. +300 ideias originais para te inspirar
Redação Geração Pet
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.