Início Saúde Atopia em cães

Atopia em cães

COMPARTILHAR
0 Flares 0 Flares ×

Muito comum entre os cães e difícil de ser detectada com precisão, pois pode ser confundida com outras doenças. Assim pode-se definir a atopia ou dermatite atópica.

O contato frequente com substâncias alérgenas, ou seja, que podem causar alergias faz com que os cachorros demonstrem os sintomas desse mal. Entre as mais comuns estão a alimentação, poeira, ácaros, pólen e até mesmo a grama, que alguns animais adoram mastigar de vez em quando. Isso tudo promove um alerta entre os tutores, para que fiquem atentos a qualquer sinal de a o bichinho possa estar desenvolvendo essa doença de pele.

Neste texto trazemos todas as informações sobre a atopia. Não deixe de ler!

Sintomas

Os primeiros sinais aparecem na pele do cachorro

A atopia ou dermatite atópica é uma das doenças de pele mais comuns entre os cães. Mas, por apresentar sintomas parecidos com outros males, é difícil de conseguir de prontidão um diagnóstico preciso.

Ela é contraída pelos animais que já possuem uma pré-disposição genética, após uma contínua exposição às substâncias que possam causa a alergia. Se trata de uma doença crônica, por isso o bichinho deverá passar pelo tratamento pelo resto da vida. Sempre consulte um médico veterinário para saber a melhor forma de tratar o seu pet.

A doença faz o animal se coçar bastante

A doença somente se desenvolve entre um a três anos de vida do cachorro. Entre os principais sintomas estão:

· Coceiras frequentes, tanto em período diurno, como noturno;

· Pele mais escura do que o normal;

· Presença de pulgas e carrapatos;

· Queda drástica dos pelos;

· Pele ressecada, rachada, machucada e descamada;

· Lambedura das patas e mordedura da pele e pelagem;

· Cheiro forte nos cães;

· Vermelhidão nas áreas afetadas.

Tratamento

Assim que identificar alguns sintomas, o tutor deve procurar por um médico veterinário, que ajudará a definir o melhor tratamento. Certamente será administrado um medicamento, como o Apoquel, ou será iniciado um tratamento de pele no bichinho.

A doença é crônica, mas pode ser tratada

É preciso saber qual o tipo de substância que está causando as alergias no cãozinho. Muitas vezes é a própria alimentação que desencadeou a doença, por isso muitos tutores são orientados a modifica-la. Dar rações hipoalérgicas e uma alimentação mais natural, preparada em casa, podem ajudar neste caso.

Caso a atopia tenha sido causada por poeira ou ácaros, a limpeza do local onde o bichinho vive deverá ser constante. Há também casos de que picadas de carrapatos e pulgas terem desencadeado a doença. Assim, banhos frequentes e a administração de medicamentos contra esses parasitas serão a melhor pedida para manter a saúde do cachorro.

A saúde do cãozinho é algo muito importante, por isso a melhor dica é sempre se manter atento a qualquer sinal de desconforto que ele possa apresentar. Lembrando que a consulta a um médico veterinário é primordial em qualquer caso de aparecimento de doenças.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGuia de raças: Doberman
Próximo artigoTosar ou não o cachorro no verão?
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.