Início Curiosidades Erros mais comuns na hora de guardar a ração

Erros mais comuns na hora de guardar a ração

COMPARTILHAR

Hoje em dia, a ração está cada vez melhor e a complicação para armazenar está ficando complicada. Os pais de pets estão cada vez mais atentos na hora de escolher a marca para comprar a ração. Pesquisam os benefícios, verificam a qualidade da proteína da ração. Pesquisam seus ingredientes e optam por rações naturaissem transgênicos, sem grãos, aquelas que auxiliam a evitar doenças. Porém é preciso pensar também em como armazenar adequadamente. Isso ajuda com os ingredientes funcionem, trazendo os resultados esperados para a saúde do seu cachorro ou gato.

Acompanhe o texto para saber os erros mais comuns na hora de guardar a ração do seu peludo!

 

Não utilizar um pote adequado

A melhor forma de armazenar o alimento é sempre no saco original – onde ela mantém o alimento muito mais seguro e você ainda não perde as informações de rentabilidade como lote e data de validade – e coloca-la, com o próprio saco, em um recipiente fechado de metal ou plástico.

É necessário armazenar em um lugar que a ração não fique exposta a umidade e o calor, criando mofo e ácaros. Essas bactérias não são tóxicas se ingeridas, mas, em algumas situações, podem fazer com que seu cão ou gato desenvolva algum tipo de alergia a ácaros, causando problemas na pele como atopia ou alergias. O bolor também pode acabar causando desconforto gastrointestinal, e alguns tipos raros também podem danificar o fígado ou causar leves problemas neurológicos. Para evitar esses problemas, também evite deixa-la no chão, coloque sempre em uma prateleira.

 

Utilize fechos no pacote de ração

Para os papais e mamães de pets que gostam de aproveitar a promoção e comprar várias rações, é recomendado utilizar os fechos para ração, que garantem que o ar não entre dentro do saco. Esse acessório vai permitir que você possa utilizar o alimento sem se preocupar em estragar. Lembre-se de utilizar primeiro o saco de ração que você comprou que está com a validade mais próxima, evitando que o alimento vença.

 

Deixar a ração onde o animal tem acesso

Deixe a ração longe da onde o seu cachorro ou gato tem acesso. Em mantenha guardada onde seja totalmente à prova de animais. Os cachorros não entendem que precisam de um controle para cada porção. Já os filhotes, em particular, devoram a comida quando não estão sendo supervisionados. Isso pode levar a um “inchaço alimentar”. O inchaço faz o estômago distendido. A comida que o fornecimento de sangue para o estômago e intestino pode ficar comprometido.

 

Esquecer de colocar a ração úmida na geladeira

Os alimentos enlatados, geralmente, duram mais e podem ser armazenados por muito tempo. Mas você ainda deve prestar atenção à data de validade. Uma vez aberta a lata, ela pode estragar rapidamente ou ficar contaminada por bactérias. Ela pode ser mantida na geladeira por, no máximo, 3 dias. Se o seu cão não comer a ração úmida em 30 minutos, você deve jogar fora o restante do alimento. Ou deve cobrir e colocá-lo na geladeira. Siga todas as recomendações de embalagem para alimentos congelados, principalmente para alimentos “crus” que podem ser contaminados mais rapidamente. Portanto, não guarde alimentos crus previamente congelados refrigerados por mais de 24 horas, a menos que a embalagem indique o contrário.

 

Texto e traduções adaptadas.

Fonte: https://www.petcoach.co/article/most-common-mistakes-dog-owners-make-when-storing-pet-food/ .