COMPARTILHAR


maltesPorte:
 pequeno (de 20 a 25 cm)

Peso: de 3 a 4 kg
Necessidade de exercício diário: baixa
Temperamento: muito amigável, educado, ágil, sociável com pessoas e animais
Adestrabilidade: média
Expectativa de vida: 12 a 14 anos

O Maltês é um cãozinho pequeno e fofo, que adora ficar no colo e é super apegado aos seus donos. É uma das raças mais antigas do mundo e sempre foi conhecida como uma ótima companhia.
Se você está pensando em ter um Maltês, chegou a hora de saber tudo sobre ele!

Personalidade

maltes no coloO Maltês é inteligente, hiperativo, carinhoso e ágil, sempre observando atentamente o seu redor e seus donos. Tem uma grande facilidade em aprender e costuma ser muito protetor com as pessoas do seu convívio mais próximo, podendo assim ser desconfiado na presença de estranhos ou pessoas que ainda não conhece.

Por ser de pequeno porte e não precisar de muitos exercícios diários, o Maltês não precisa de um espaço muito grande em casa e nem de muita atividade física, portanto, caminhadas diárias de 20 a 30 minutos são suficientes para descarregar a energia do cãozinho, que também adora brincar.

Conheça algumas opções de brinquedos que fazem sucesso com os pequenos cães e garanta momentos divertidos de brincadeira com seu amiguinho de 4 patas!

Adorável com as crianças, o Maltês é confiante e bem sociável quando está com outros cães também.
Na maioria dos casos, é bastante dócil e amigo das pessoas, mas também pode ser considerado um bom e eficiente cão de guarda – já que possui a capacidade de observação e o grande apego pelos donos.

Pelagem e cores

O Maltês possui pelos longos e lisos, por isso é necessário que seja escovado todos os dias.

A cor dos pelos do Maltês é sempre branca, podendo ter uma leve variação para o marfim e perolado.

pelo longo maltês

Para manter os pelos brancos mais brancos e lindos de seu Maltês, sugerimos o uso deste Shampoo Branqueador sem sal.

Cuidados especiais

Os cães da raça Maltês não possuem um tipo de doença mais comum, podendo contrair qualquer problema de saúde comum em todos os cães.
Mas um problema que ele é mais sensível é em relação à pele. Se não houver atenção diária com os pelos do Maltês, ele pode ter dermatite, ou seja, uma doença de pele.

Cuidados com o pelo: é importante escovar o Maltês todos os dias, o que dura em média 15 minutos (considere esta informação se não tiver tempo ou não gostar dessa atividade antes de adquirir um cãozinho desta raça). Acostumando-o a ser escovado diariamente, acaba se tornando uma atividade muito prazerosa para o dono e o cãozinho. Escovar o pelo vai mantê-lo sedoso, macio, brilhante e principalmente sem nós.

Tosa: em todos os meses é importante realizar a tosa higiênica no animal, com atenção também aos olhos e focinho.

Exercícios:
eles adoram brincar e caminhadas curtas são suficientes para mantê-los saudáveis, tanto mental quanto fisicamente. Os cães da raça Maltês adoram brincadeiras dentro de casa também, mas isso não elimina a necessidade de passear, eles precisam gastar energia.

Prevenção: uma ótima forma de manter a saúde em dia do seu cãozinho e evitar maiores problemas ou doenças é oferecer a ele uma ração específica, é claro, além das caminhadas e escovação diárias, amor, carinho e consultas com um veterinário.

Aqui você encontra as melhores marcas para alimentar seu Maltês da forma adequada. 

E você sabe como o Maltês surgiu no mundo?

maltes filhote

História

Os ancestrais do Maltês vêm das cidades marítimas do Mediterrâneo, quando eles eram usados para caçar ratos e camundongos que atacavam navios e armazéns.
É uma das raças mais antigas do mundo, foi um companheiro amado por seus donos por quase 3.000 anos.

Poetas romanos escreveram sobre o Maltês e os gregos tinham túmulos especiais construídos para eles. Durante séculos eles desfilaram em torno dos palácios, brincando nos jardins reais e passeando nas casas senhoriais.

O cão Maltês também já foi referido como Cão Leão Maltês e Antigo Cão de Malta, que vem da palavra “porto” (ou refúgio), vinda da tradução do termo “málat” em latim.

Pela primeira vez em solo americano, em uma mostra em Westminster, no ano de 1877 cães da raça começaram a se tornar mais conhecidos. Um ano depois, a raça foi registrada oficialmente nos Estados Unidos, e desde então, eles continuam a ser uma raça popular, tanto para exibição como pet.

Você tem um Maltês? 
Conte-nos sobre você seu amiguinho de 4 patas nos comentários abaixo.

Fonte: Tudo sobre Cachorro