COMPARTILHAR

Você já deve ter ouvido falar sobre Alimentação Natural, comida caseira e até ração vegetariana ou vegana para cachorros e gatos, não é mesmo? Ultimamente, cada vez mais pessoas buscam por este tipo de dieta para oferecer aos seus animais.

Antes de tudo, vamos te situar nesse post. As pessoas que mantém uma alimentação vegetariana não comem nenhum tipo de carne, apenas de soja, e alimentos naturais como verduras, legumes, grãos e frutas, e essa decisão é tomada, em sua maioria, por amor aos animais. E, as Veganas, pessoas que não consomem, além da carne, alimentos derivados de animais, como leite, ovos ou mesmo usam produtos de beleza ou vestuário.

Por ser um assunto mais recente, é comum surgirem algumas dúvidas como: “é possível oferecer todos os nutrientes necessários para um cachorro através do vegetarianismo?”, “um gato pode ser vegetariano?”, “é muito trabalhoso?” entre outras. Então se você se interessa pelo assunto, continue lendo este artigo e saiba tudo sobre ração vegetariana para cachorros e gatos.

Neste artigo, nós falamos sobre a importância da proteína na ração e neste outro artigo, sobre a Alimentação Natural, que é uma alternativa que muitas pessoas buscam com relação à ração convencional.

ração vegetariana para cachorros

Muitos especialistas na saúde animal estudam sobre a alimentação, alguns defendem a ração com carnes e outros a vegetariana, mas o que todos concordam é que uma alimentação de qualidade é aquela que é saudável, equilibrada, rica em nutrientes essenciais para todo ser vivo.

Cães e gatos podem, portanto, ter uma dieta vegetariana, sim, mas a atenção e cuidado com sua alimentação devem ser redobrados, pois os nutrientes essenciais para eles devem ser substituídos por outras fontes de proteínas, aminoácidos e vitaminas. Com relação aos gatos, a questão é mais delicada, e muitos especialistas não recomendam!

Hoje em dia existem algumas marcas de ração preparadas especialmente para pets vegetarianos, mas uma outra opção é preparar a comida para eles em casa.

Pessoas vegetarianas e até veganas, costumam ter maior vontade em oferecer o mesmo tipo de alimentação aos seus pets, sendo assim um pouco mais fácil, pois ao preparar a comida para si mesma, já prepara também para o seu amigo de quatro patas.

Não comer carne é ser mais saudável?

Diversas pessoas adotam a dieta vegetariana ou vegana pela saúde, o que de fato é mais saudável, sim! Porém, para os animais, há outros requisitos a serem considerados e o fato é que eles gostam de comer carne.

Ainda há poucos estudos científicos que comprovam resultados desta dieta a longo prazo para os pets, portanto por enquanto, não há grandes vantagens comprovadas para o animal.

Pelo contrário, pode até causar alguns problemas para a saúde dele!

ração vegetariana para gatos

Possíveis riscos e problemas para a saúde

A decisão de oferecer ração vegetariana a um pet é bastante delicada, e é necessário conhecer os possíveis riscos para a saúde do cão ou gato que esta dieta pode causar.

Na dieta vegetariana, se a deficiência de proteína não for corrigida e substituída adequadamente, os danos para a saúde do animal podem ser irreversíveis. Os problemas mais comuns decorrentes de carência nutricional são:

  • Desregulamentações das funções orgânicas como diarreias;
    Disfunções urinárias;
    Perda de vigor físico;
    Queda ou falta de brilho nos pelos;
    Irritabilidade na pele;
    Barriga-d’água (acúmulo de líquido nos órgãos digestivos).

Problemas mais graves podem ocorrer, como tumores que podem até levar o animal à morte.
Por isso, o acompanhamento com veterinários deve ser constante e seguido à risca.

Cuidados necessários em uma dieta vegetariana

Cães e gatos necessitam de alguns nutrientes presentes em carnes, por isso, para substituí-los na alimentação, é necessário oferecer uma suplementação alimentar.

As vitaminas A e D são muito importantes para a saúde e eles não são capazes de produzi-las em seu organismo, portanto, precisam ingeri-la de alguma forma, como na ração.
A vitamina D, especificamente, pode até ser substituída por alguns vegetais para cães, mas para gatos, o organismo age diferente.

Já a taurina é um aminoácido extremamente importante para pets e enquanto cães conseguem produzi-la em seu organismo, os gatos não são capazes, por isso muitos especialistas não recomendam o vegetarianismo para eles.
Os cães obtêm o aminoácido a partir da vitamina B6, cistina e metionina; porém os gatos necessitam da taurina pronta, encontrada só em tecidos animais – e a falta dela pode provocar problemas cardíacos e de visão.

Mesmo assim, há quem insista no vegetarianismo para gatos, sendo então necessária a suplementação da taurina em forma sintética, além de acompanhamento muito rígido com especialistas em nutrição.

Como começar a oferecer ração vegetariana para cachorros e gatos

A primeira coisa a se fazer é consultar com um veterinário de confiança e/ou até com um especialista em nutrição animal para que oriente sobre a dieta correta para cada pet.

As orientações apresentadas devem ser seguidas corretamente, pois a alimentação é algo extremamente importante e sério para a saúde do seu cão ou gato.

Em seguida, é necessário optar pela melhor forma em oferecer esta nova alimentação, se é com ração de boa qualidade, com Alimentação Natural ou comida caseira preparada em casa. Já existe ração vegetariana no mercado, veja aqui!

Ao decidir pela troca de alimentação, lembre-se que deve ser feita e forma gradual, substituindo aos poucos a comida antiga pela nova, durante alguns dias.

Clique aqui e confira o passo-a-passo para a troca de ração do seu cachorro.

Há algumas pessoas que ainda oferecem alimentação vegana a seus pets! Este tipo de dieta é mais restritiva ainda, pois não conta com nenhum derivado de origem animal, como leite ou ovos (que é fonte de proteína considerada substituto para dietas vegetarianas).

Tudo que é feito conscientemente, com acompanhamento de médicos e especialistas, com carinho, cuidado e atenção, pode ser muito bom para a saúde de um cão ou gato! A responsabilidade é toda do dono do pet, que deve ser dedicar totalmente aos cuidados com alimentação e se comprometer em oferecer o melhor, seja com ou sem carnes e derivados animais.