Início Dicas Dicas para ter uma boa relação entre bebês e bichinhos de estimação

Dicas para ter uma boa relação entre bebês e bichinhos de estimação

COMPARTILHAR

A chegada de um bebê em casa é algo que muda toda a rotina. São pequenos seres que exigem muitos cuidados e demandam muita atenção. Se você tem um bichinho no seu lar, certamente ele sentirá todas essas mudanças. Diante disso, muitas dúvidas surgem sobre a relação entre o cachorro ou o gato com os bebês.

Porém, manter a paz e harmonia entre todo mundo não é um bicho de sete cabeças. São precisos alguns cuidados, sim, mas geralmente os animais se dão muito bem com as crianças. Mais do que isso, a presença de um bichinho em casa traz muitos benefícios para o desenvolvimento da criança!

Neste texto iremos dar algumas dicas para que o seu bebê e o seu animal se tornem melhores amigos!

Um passo de cada vez

A aproximação tem que ser feita com cuidado, para evitar situações inesperadas

Os cachorros são animais bastante carentes, que exigem bastante atenção. Por isso, com a chegada de um bebê na casa, certamente ele irá sentir que muitas coisas irão mudar, já que os seus tutores terão que cuidar bastante da criança. Mas não precisa se preocupar, ele não oferecerá perigo ao seu filho ou filha.

Por isso, a dica aqui é tentar manter a relação que já tinham com o animalzinho, como os passeios e brincadeiras, para que não desperte tanto ciúme. É mito que o cachorro fica agressivo diante dessa situação. Ele somente começa a se comportar de formas inesperadas, pois está tentando conquistar novamente o posto de queridinho da casa. É preciso entender os sinais que ele demonstra, como latidos, uivos e pulos constantes.

Na questão da relação com o bebê, é preciso dar um passo de cada vez. Deixe que o cachorro cheire as roupinhas, os brinquedos e o berço, para que ele se acostume com os novos itens da casa. Só depois apresente o bebê a ele, deixando que cheire o pézinho, por exemplo.

Caso o cãozinho ainda demonstre sinais de ansiedade, uma boa dica é procurar por um adestrador, que com certeza irá ajudar nessa etapa.

Gatos também podem se tornar melhores amigos das crianças

No caso dos gatos, a situação é mais tranquila. Eles não costumam demonstrar ciúmes e, em muitos casos, acabam fugindo da criança. Por serem mais reservados e independentes, o contato com os bebês acaba sendo indesejado, já que crianças adoram puxar os pelos e o rabo do bichinho.

Muita amizade e companheirismo

A presença de animais em casa ajuda no desenvolvimento da criança

Alguns estudos, como um realizado em 2017 pela Universidade de Aberta, no Canadá, demonstram que crianças que crescem com animais em casa possuem uma saúde melhor.

A presença dos bichinhos faz com que o sistema imunológico do bebê fique mais forte. Isso ocorre porque o corpo da criança acaba desenvolvendo bactérias que reforçam o combate a doenças, como as respiratórias. Além disso, como os cachorros e gatos gostam de brincar bastante, isso estimula as crianças a fazerem mais atividades físicas, reduzindo os riscos de casos de obesidade.

Muitos pediatras também recomendam a amizade entre os bichinhos e as crianças. Isso reforça os sentimentos de companheirismo, respeito e cuidados, já que a criança percebe que também é responsável pela vida daquele serzinho querido.

Ou seja, ter um bichinho só faz bem e traz muita alegria!

Melhores raças para conviver com crianças

Entre as raças que mais se dão bem com crianças está o Labrador

As raças determinam muito do comportamento dos cachorros, por isso há algumas que possuem uma convivência mais tranquila com crianças.

Entre elas estão o Buldogue Inglês, Beagle, Labrador, Collie, Golden Retriever, Shih Tzu, além do Vira Lata. Todas elas possuem uma característica em comum: são cachorros extremamente brincalhões! Certamente serão ótimos amigos para os seus filhos!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGuia de raças: Husky Siberiano
Próximo artigoO cão ideal para o seu signo
Redação Geração Pet
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.