Início Saúde Cuidados Cachorro engasgado: o que fazer?

Cachorro engasgado: o que fazer?

COMPARTILHAR
Crédito: Divulgação

Os cachorros adoram brincar com qualquer objeto que vejam pela frente. Qualquer graveto pode se tornar um brinquedo para esses peludos espevitados.

Mas caso o brinquedo solte algum pedaço dentro da boca do animal, isso pode se tornar em um problema. O cachorro pode engasgar e precisará de ajuda para retirar o objeto de sua garganta.

Quer saber como ajudar o seu amigão? Nesse texto vamos te dar dicas que serão úteis em casos de engasgo!

Sinais de engasgo

Brinquedos podem soltar pedaços que causam o engasgo. Crédito: congerdesign por Pixabay

Para desconfiar de que o seu cachorro possa estar engasgado, é preciso se atentar a alguns sinais.

Entre os principais estão:

• O cachorro está balançando muito a cabeça;
• Fica batendo as patas na boca, como se quisesse tirar algo de lá;
• Começa a choramingar;
• Fica salivando em excesso;
• Mantém a boca aberta;
• Faz movimentos como se quisesse vomitar;
• Fica bastante inquieto.

Mas se o objeto que está causando o engasgo não for muito grande, o cachorro pode até demonstrar esses sinais. Então é preciso perceber se ele não mudou o comportamento, ficando mais apático, sem apetite ou se começa a tossir um pouco.

Existem riscos que o cachorro pode correr caso fique engasgado por muito tempo. O objeto na garganta pode bloquear a entrada de ar, o que leva a desmaios e asfixia.

Ou se o objeto for cortante, pode causar sangramentos e machucar os órgãos internos do bichinho. Ou seja, engasgo é coisa séria!

Como ajudar

Se o engasgo for mais sério, é preciso levar o cachorro ao veterinário urgente. Crédito: Divulgação

Para tentar ajudar o cachorro, existem algumas manobras que os tutores podem fazer para tentar retirar o objeto que está preso na garganta.

Primeiramente, observe por um ou dois minutos se o cachorro consegue vomitar sozinho. Se sim, problema resolvido!

Se não for possível, o tutor terá de intervir. Para isso, abra a boca do cachorro, apertando delicadamente a articulação da mandíbula, de forma a tentar enxergar o que está na garganta do peludo. Tente colocar a língua dele de lado e use uma lanterna, para ajudar a visualização.

Caso consiga, tente retirar o objeto, com a mão mesmo. Tome muito cuidado para não empurrar o objeto ainda mais para o fundo.

Mas se perceber que isso não será possível e o cachorro está ficando sem ar e roxo, leve-o imediatamente ao médico veterinário.

Existe também outra manobra, que deve ser feita com muita delicadeza. Se for um cachorro pequeno, levante-o segurando pelas patas traseiras e sacuda-o com gentileza, para ver se ele consegue soltar o objeto.

Se for um cachorro grande, a mesma manobra pode ser feita. Mas o cão ficará com as patas dianteiras no chão.

Tosse ou engasgo?

Perceba se ele está emitindo sinais de que está engasgado, como fingir que vai vomitar. Crédito: Divulgação

Às vezes os tutores podem confundir uma simples tosse com um engasgo. Então como diferenciar um do outro?

Para fazer é simples: perceba se o cachorro está conseguindo engolir normalmente. Se sim, ele está apenas com uma tosse. Caso contrário, você terá que ajuda-lo a desengasgar.

Existe um problema que atinge muitos pets de pequeno porte na fase adulta. Seria o colapso de traqueia, em que parece que o cão está engasgando, mas ele está apenas tossindo com um som bem alto, que parece de um ganso.

Esse problema acontece quando há uma diminuição do diâmetro da traqueia, o que dificulta a passagem de ar, devido à degeneração dos anéis que compõem a traqueia.

Então, pode parecer que ele está engasgado, mas na verdade seria outro problema.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGuia de Raças: Ragdoll
Próximo artigoCachorros escolhem um dono dentro de casa?
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.