COMPARTILHAR
Você já deve ter reparado em alguns momentos que o seu cachorro utiliza o ato de lamber para muitas coisas! Seja para se higienizar, para dar “beijinhos” ou por outros motivos… porém, se ele lambe as patas com muita frequência é sinal de alerta!
Quer saber por que os cachorros lambem as patas? Continue lendo este artigo e saiba quais são os motivos e as soluções para este hábito, que quando se torna muito frequente, não é sinal de limpeza, e sim de problema!

 Por que Cachorros Lambem as Patas?

O ato de lamber as patas pode ser uma resposta a algum incômodo pelo qual ele esteja passando, ou pode ser algo mais grave, que exija uma visita ao veterinário.

Lamber com persistência determinadas partes do corpo pode causar sérios problemas de saúde, pois muitas vezes, o cachorro pode se lamber até se machucar, retirando a defesa natural de sua pele.

Confira alguns motivos que podem levar o seu cachorro a lamber as patas e saiba como solucionar o problema:

Parasitas: pulgas e carrapatos

Alguns tipos de parasitas, como pulgas, carrapatos e ácaros podem causar infestações nos cachorros, fazendo-os sentir-se desconfortáveis e os levando ao hábito de lamber-se constantemente.

Observe se, além de lamber, o cão também morde as patas, tentando coçá-las.

Cachorro Lambendo a pata

É difícil identificar se há parasitas nas patas dos animais, principalmente os ácaros que são microscópicos, por isso observe se ele se coça bastante também em outras áreas do corpo, pois infestações ocorrem em todo o corpo do cão.

Solução:

Analise e examine a pele e caso encontre parasitas no seu cachorro, leve-o ao veterinário, que terá condições de receitar remédios específicos para o tipo de parasita, orientando ao tratamento ideal para livrá-lo do incômodo das coceiras e do hábito de se lamber.

Há formas muito eficazes atualmente de se acabar rapidamente com as pulgas e os carrapatos nos animais!

Confira os melhores anti-pulgas e carrapatos para seu pet!

Alergias

Alguns animais, assim como humanos, podem ter alergia a determinados elementos, como grama e pólen, por exemplo. A melhor forma de observar se é o caso do seu cão, é levando-o para passear em determinados locais e verificando se ele foi acometido por coceiras depois disso.

Ao passear com o seu cãozinho em um gramado, por exemplo, ele pode começar a lamber insistentemente as patas, sinalizando a presença de algum tipo de alergia.

Algumas vezes a alergia pode estar também diretamente ligada à alimentação, através de algumas substâncias existentes na ração que o cão come.

Solução:

A coceira que ocorre à alergia de algum elemento, como a grama, deve ser tratada para que os sintomas sejam aliviados. Uma boa dica é aplicar gel 100% Aloe Vera nas patas do cachorro para aliviar imediatamente, ou ainda usar shampoos específicos para tratamentos de alergias.

Já com relação à alimentação, em geral são grãos ou determinados tipos de proteína que podem desencadear a crise alérgica, sendo então aconselhável a mudança da marca, tipo de ração ou mesmo optar por uma Ração Hipoalergênica.

Converse com o veterinário para um diagnóstico e tratamento mais específico e ideal para o seu amicão!

Tédio ou ansiedade

O fato de o cachorro ficar sozinho em um mesmo lugar durante várias horas por dia pode levá-lo a desenvolver algumas atitudes compulsivas, como lamber-se o tempo todo.

O porquê de cachorros lamberem as patas

Nesse caso, é comum o animal desenvolver hábitos errados para passar o tempo, como latidos e uivos, além das lambidas e coceiras prolongadas.

Portanto, este é um fator comportamental pelo qual o cão lambe as patas.

Solução:

O ideal é impedir que o seu cão fique entediado, evitando mantê-lo confinado durante longas horas.

Sempre que possível, brinque e faça companhia a ele e quando tiver que deixá-lo, ofereça brinquedos e formas de distração. Outra dica boa é deixar uma peça de roupa sua com ele, para que sinta o seu cheiro e sua presença de certa forma.

Dores físicas

Alguns cães podem desenvolver dor ou outras formas de desconforto nos membros, que pode ser por alguma fratura, ou sofrido luxação, ou até mesmo desgaste. Nestes casos, ele pode lamber as patas procurando diminuir a dor.

Dores mais graves como na coluna e displasia de quadril também podem fazê-lo lamber as patas.

Por isso é importante ficar de olho nessas manifestações, pois o cachorro não consegue explicar o que está acontecendo, e a lambida é uma das maneiras com que ele sinaliza o desconforto e que alguma coisa está errada.

Solução:

O ideal é descobrir através de exames e consultas com um veterinário, qual o desconforto que o animal sente e onde está localizado.
Ao ser aliviada a dor, o normal é que o cachorro pare de se lamber tanto, e o ideal é prosseguir com o tratamento adequado.

E se o hábito não parar?

Pode acontecer de alguns cães acabarem se habituando à atitude de lamber as patas e, mesmo depois de livres do desconforto ou problema, continuar a se lamber persistentemente.

Nestes casos, com a certeza de que o problema foi resolvido, podemos constatar de que se trata de uma mania, e para acabar com ela, o melhor jeito é educar e adestrar o cachorro.

Patas que são muito lambidas, ficam úmidas e podem contrair outros problemas de pele ou infecções, por isso, não deixe que o hábito tome conta da rotina do seu cãozinho!

Cachorros lambem as patas

Uma das formas mais simples é a utilização de loções com gosto amargo que, passadas nas patas, forçam o animal a parar de se lamber, por causa do sabor. Nossa dica é este produto.
Lembre-se que é necessário verificar se o produto não irá causar alergia ao seu cão, aplicando pequenas quantidades em uma área específica e verificando o surgimento ou não de reações.

Lembre-se também que a pele não pode estar machucada ou apresentando feridas abertas, ou a loção pode prejudicar mais ainda!

Com o tempo, o cachorro percebe que é melhor não se lamber com muita insistência e passará a parar aos poucos de lamber as patas.

Esperamos poder ter te ajudado com os problemas do seu cãozinho!