Início Curiosidades Cães entendem humanos de outros países?

Cães entendem humanos de outros países?

COMPARTILHAR

É muito comum os amantes de cachorros conversarem com seus peludos e acreditarem que eles entendem tudo. E não é que eles realmente compreendem as palavras?!

Um estudo realizado na Hungria em 2017 e publicado na renomada revista científica Science demonstrou que os cães entendem as nossas palavras e como as dizemos. Ou seja, eles sabem do que estamos falando e ainda interpretam a nossa forma de falar, para poder compreender exatamente o que queremos.

Mas será que eles entendem diferentes línguas? Pode ser que estejamos exigindo demais dos peludinhos. Mas uma coisa é certa: os cachorros entendem os humanos!

Descubra nesse post se os cachorros conseguem compreender outras línguas!

Diálogo por repetição

É preciso se conectar bem com o animal por meio de comandos

Quando um cão começa a ser adestrado e treinado, ele precisa de comandos para reagir corretamente ao que estamos tentando ensiná-los. Por isso, para fazer com que ele entenda que precisa sentar-se quando dizemos “senta”, é necessário repetir a palavra várias e várias vezes.

Por isso, o cachorro vai compreendendo aos poucos a nossa linguagem. A entonação também ajuda muito. Não adianta dizer “bom menino” de uma forma grosseira e rude, pois ele não vai entender como uma coisa boa.

Diversos estudos indicam que os peludos analisam bastante a nossa forma de dizer e a nossa linguagem corporal. Já que o corpo se comunica de uma forma universal e isso conta muito para os animais.

Poucas palavras

Não são todas as palavras que eles entendem

O cérebro do cachorro não consegue analisar completamente a nossa linguagem. Por isso, não adianta dizer uma longa frase para ele, achando que ele vai entender tudo. São poucas as palavras ditas em vários momentos que ele consegue associar com o que queremos que ele faça.

Por isso, ele vai se acostumando com a língua que utilizamos. Se ele já acostumou que “passear” significa sair dar uma volta, se você disse “walk”, que é “andar” em inglês, dificilmente ele vai entender.

Mas se você começar a educá-lo em duas línguas, pode ser que ele se torne um “cachorro bilíngue”. Como eles se guiam muito pelo som, eles irão começar a associar as coisas ao longo desse processo de aprendizagem.

Cães inteligentes e que respondem bem ao adestramento, como os Border Collies, facilmente se tornam bilíngues. Eles entendem que sons diferentes podem significar a mesma coisa.

Conversar bastante com o cachorro o ajuda a te entender melhor

Eles podem não entender exatamente o que a palavra significa, mas entendem a forma como você usa a palavra e o sentido que você dá a ela. Assim reage ao que o comando ensinado a ele está pedindo.

Por isso, é bom conversar com o seu cãozinho. Assim vocês começam a criar um relacionamento ainda mais estreito, pois além do afeto, haverá também a comunicação verbal!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo exercitar um cão com excesso de peso?
Próximo artigoGato Azul Russo, ou cinza?
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.