Início Saúde Cuidados Dermatite canina: causas, sintomas e tratamentos

Dermatite canina: causas, sintomas e tratamentos

COMPARTILHAR
Crédito: Divulgação

Nós vemos com frequência os cachorros se coçando. Muitas vezes pode ser apenas uma coceirinha, mas fique atento: pode ser um sinal de dermatite canina.

Essa doença é muito comum entre os cães, principalmente os de raça, que possuem menos genes para combater as bactérias e fungos. Uma pesquisa de 2016 da empresa farmacêutica Zoetis apontou que até 50% dos casos de procura por clínicas veterinárias no Brasil se dá por suspeitas de problemas com coceiras.

Mas existem tratamentos e formas de prevenir esse mal entre os peludos. Saiba mais no texto de hoje.

Sinais

As coceiras constantes são um alerta no caso de dermatite. Crédito: Divulgação

Os problemas de pele acometem muitos cães, por isso os tutores devem ficar atentos. Cachorros com pelos longos, como o Golden Retriever, e raças que apresentam muitas dobras pelo corpo, como a Shar-pei, são os que possuem mais probabilidade de ter dermatites.

O primeiro sinal da doença são as coceiras. Se você perceber que o seu cão está se coçando demais, é preciso procurar um médico veterinário urgente.

Cachorros de pelo longo, como o Golder Retriever, são mais suscetíveis a terem dermatites. Crédito: lisa runnels por Pixabay

Existem também outros sintomas:

• perda de pelo
• pelo ralo e com falhas
• coçar ou morder constantemente uma região da pele
• vermelhidão na pele
• pele com grumos ou pus
• pele seca e escamosa
• inchaço

Causas

A principal causa é a proliferação de fungos e bactérias na pele e pelo do cachorro. Caso o bichinho não esteja com imunidade tão boa e entre em contato com um ambiente contaminado, certamente ele desenvolverá a dermatite.

Cachorros costumam ficar mais tristes quando estão com algum problema. Crédito: dillondygert por Pixabay

A presença de pulgas e carrapatos no cão também pode ser um fator de risco para a doença. Esses parasitas podem tanto levar as bactérias ao corpo do cachorro por meio das picadas, quanto deixar a pele vulnerável à entrada de micro-organismos que vão dar início às coceiras constantes.

A alimentação também pode ser uma causadora da dermatite, já que alguns tipos de alimentos são altamente alergênicos. Entre os principais exemplos estão as carnes de gado e de frango. Por isso é bom evitar.

O contato constante com produtos de limpeza, como shampoos e condicionadores, também pode fazer com que o cão fique doente. Alguns produtos podem dar alergias e começar o processo de proliferação de bactérias.

A dermatite pode ainda surgir por problemas de saúde dos próprios cães. Os bichinhos que são atópicos, ou seja, que têm tendência grande de desenvolver alergias, costumam sofrer bastante com doenças de pele. Problemas hormonais também levam os cachorros a desenvolver dermatites, como os distúrbios endócrinos.

Tratamento e como evitar

Quando o cachorro tem muitas rugas, como o Shar-pei, é preciso ficar atento com as dermatites. Crédito: style81 por Pixabay

Caso suspeite que seu cachorro está sofrendo com dermatite, é preciso procurar um médico veterinário. Ele irá determinar os exames certos para detectar a doença e também prescreverá os medicamentos necessários para ajudar o seu cãozinho.

Existem muitos produtos de tratamento de pele que são ótimos para ajudar o seu cachorro a ficar cada vez mais saudável.

Para evitar que doenças de pele afetem o seu bichinho, a melhor dica é cuidar muito bem da saúde dele. Isso inclui uma boa alimentação, exercícios físicos constantes e muito carinho.

Na hora do banho, evite produtos com perfumes muito fortes e seque bem os pelos do seu cachorro. Assim não haverá espaço para a proliferação de bactérias e fungos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorÉ crime cortar orelhas e rabo de cachorro!
Próximo artigoGuia de Raças: Ragdoll
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.