COMPARTILHAR
Crédito: Divulgação

Porte: Grande
Peso: 40 kg a 50 kg
Necessidade de exercício diário: Alta
Temperamento: Dócil, Fiel, Desconfiado, Teimoso, Atento
Adestrabilidade: Alta
Expectativa de vida: 8 a 12 anos
Principais Rações para Fila Brasileiro: AdimaxPremierHillsBiofreshRoyal Canin

O seu tamanho lhe dá um ar de imponência e afugenta os estranhos de sua casa. Assim é o Fila Brasileiro, muito usado como cão de guarda.

A raça, criada a partir de misturas de cães trazidos ao Brasil na época da colonização, como o Bloodhound, o Mastiff e o Bulldog, é uma ótima companhia para famílias, pois se mostra muito fiel aos seus tutores.

Apesar de ser bastante dócil e carinhoso com a sua família, ele não suporta ver estranhos em sua casa. Por isso que ele é um dos cães mais usados para vigiar as casas no Brasil e no mundo.

Personalidade

O Fila costuma ser bastante dócil com sua família. Crédito: Divulgação

O seu tamanho pode assustar, mas o Fila Brasileiro é um cão que adora carinho e ficar por perto de seus tutores. E também é ótimo com crianças, sendo muito paciente com as brincadeiras dos pequenos.

Porém, por não gostar de pessoas estranhas, o tutor terá que ter pulso firme, desde a infância do cachorro, para poder socializar com os amigos e parentes que forem fazer visitas.

As misturas realizadas para resultar na raça fazem com que o Fila Brasileiro tenha ótimas habilidades de caça, muita força e um olfato apuradíssimo.

Pelagem e cores

Suas cores podem variar entre tons terrosos e pretos, além do tigrado. Crédito: Divulgação

Os seus pelos são de fácil manutenção, por serem curtos e grossos. Portanto, uma escovação semanal já ajuda na manutenção da beleza da pelagem.

As cores mais comuns no Fila Brasileiro são tigradas, douradas, baias ou pretas. É comum também a presença de marcações brancas nas patas, peito e ponta das caudas.

Cuidados especiais

Ele pode ser bastante teimoso, por isso precisa ser adestrado desde pequeno. Crédito: Divulgação

O Fila Brasileiro costuma ser bastante saudável, por isso dispensará cuidados muito específicos.

A alimentação, porém, merece atenção, sendo bastante equilibrada. Pois senão o Fila poderá sofrer de obesidade.

História

O Fila é a primeira raça brasileira reconhecida. Crédito: Divulgação

O surgimento exato da raça é incerto. Mas há relatos históricos de que os colonizadores portugueses e espanhóis, que vieram ao Brasil, necessitam de um cão bastante ágil, forte e atento para cuidar de plantações e evitar a entrada de intrusos.

A partir disso surgiu o cruzamento com as raças Bloodhound, o Mastiff e o Bulldog para criar esse super cão.

Em 1968 há o registro da oficialização do primeiro padrão oficial da raça. Até aquele ano, o Fila Brasileiro era considerado apenas como uma raça de trabalho e nem possuíam pedigree.

Naquele mesmo ano, a Fédération Cynologique Internationale (FCI) reconheceu a raça Fila Brasileiro. Assim o padrão da raça foi apresentado em toda a Europa e ela começou a se popularizar.

Em 1982, o Fila Brasileiro se tornou o cachorro mais popular do Brasil, sendo bastante querido pelos amantes de cães.

Uma curiosidade é que o Txutxucão, famoso cachorro da apresentadora de programas infantis Xuxa, era um Fila Brasileiro. Assim, a raça se tornou ainda mais popular por aqui.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEspécies de peixes que podem viver juntas
Próximo artigoHigiene correta dos potes de ração!
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.