COMPARTILHAR
Crédito: Divulgação

Porte: Pequeno-Médio
Peso: 6,5 kg a 10 kg
Necessidade de exercício diário: Alta
Temperamento: Alerta, Ativo, Amigável, Gentil
Adestrabilidade: Alta
Expectativa de vida: 13 a 16 anos
Principais Rações para Fox Paulistinha: Adimax, Premier, Hills, Biofresh, Royal Canin

Coragem, inteligência e energia de cachorros grandes, mas com porte de pequeno para médio. Assim é o Fox Paulistinha, ou Terrier Brasileiro.

Esse cãozinho apaixonante está presente em diversos lares de famílias brasileiros e conquistou o seu espaço no coração dos amantes de cachorros. Ele e o Fila Brasileiro representam as únicas raças reconhecidas originárias do nosso País.

Personalidade

O Fox Paulistinha é um cachorro cheio de energia, por isso demandará bastante atenção do seu tutor. Ele adora correr e brincar de caçar, já que antigamente ele era conhecido por ser um exímio caçador de pequenos roedores nas fazendas do interior paulista. Por isso, os seus tutores deverão manter uma rotina diária de exercícios ao ar livre.

Com uma personalidade amigável e carinhosa, essa raça se torna o xodó das famílias. Ele adora ficar por perto dos seus tutores e ficará facilmente triste se permanecer sozinho por muito tempo.

O Fox Paulistinha é uma das únicas raças reconhecidas brasileiras. Crédito: Divulgação

O Terrier Brasileiro costuma ficar em estado de alerta continuamente. Por conta disso, muitas famílias acabam utilizando o seu dom de vigia em suas casas e chácaras.

Apesar de muito dócil com sua família, ele pode estranhar a presença de pessoas novas em sua casa. Portanto, é preciso que seus tutores façam uma pequena apresentação das visitas, para que ele retorne ao seu estado brincalhão.

Pelagem e cores

Ele é muito inteligente e cheio de energia. Crédito: Divulgação

Seus pelos são curtos e lisos, não precisando de cuidados especiais e de tosas. Um banho por mês já ajuda a manter a pelagem bonita e saudável.

A cor predominante da raça é branca, contendo manchas preto-azuladas e marrons. O seu nome (Paulistinha) surgiu por manter as mesmas cores da bandeira do Estado de São Paulo, onde a raça teve maior predominância.

Cuidados especiais

O Fox Paulistinha costuma ter uma boa estrutura corporal e ser muito saudável. Para manter-se assim, basta levá-lo a consultas periódicas ao médico veterinário, com as vacinas sempre em dia.

História

Antigamente a raça era usada para caçar ratos. Crédito: Divulgação

Existem duas versões da história do surgimento da raça Fox Paulistinha ou Terrier Brasileiro.

Uma delas (a mais aceita) é que no século 19, os filhos de grandes fazendeiros do interior de São Paulo eram enviados para estudar na Europa e retornavam casados e com exemplares de terriers para casa, como Fox Terrier e o Jack Russel Terrier.

Assim, os cães dessas raças acabam cruzando com outras já presentes aqui no Brasil, como os Chihuahuas, e assim foi se configurando a nova raça, o Fox Paulistinha.

A outra versão da história é que os cachorros terriers vieram nos navios portugueses e holandeses que chegavam ao Brasil, por volta de 1.500. Eles eram usados para caçar ratos que estavam nas embarcações e, ao ficarem por aqui, cruzaram com raças aqui presentes surgindo os Terriers Brasileiros.

Suas cores lembram as utilizadas na bandeira do Estado de São Paulo, por isso o seu nome. Crédito: Divulgação

O primeiro reconhecimento do padrão da raça ocorreu em 1964, por criadores e entusiastas do Fox Paulistinha. O título era provisório e só reconhecido, oficialmente, pela Federação Cinológica Internacional em 2006.

Uma curiosidade da raça é que ela foi escolhida para estampar um dos selos dos Correios em 1998, sendo uma das poucas homenageadas dessa forma no Brasil.   

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo limpar corretamente o aquário?
Próximo artigoCachorro com cheiro forte
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.