COMPARTILHAR
Crédito: skeeze por Pixabay

Porte: Médio
Peso: 7 kg a 14 kg
Necessidade de exercício diário: Alta
Temperamento: Dócil, Fiel, Gentil, Equilibrado, Adaptável
Adestrabilidade: Alta
Expectativa de vida: 12 a 14 anos
Principais Rações para Whippet: AdimaxPremierHillsBiofreshRoyal Canin

Elegância e gentileza são características que definem os cães da raça Whippet. Com um corpo magro e ao mesmo tempo forte, esses cachorros chama a atenção por onde passam.

A raça Whippet faz parte da família dos cachorros galgos, que são conhecidos por serem elegantes, graciosos e também muito rápidos.

O Whippet é considerado como um dos cães mais velozes do mundo, podendo atingir a velocidade de 60 km/h. Impressionante!

Personalidade

Ele pode ser um pouco reservado de vez em quando. Crédito: Mabuya por Pixabay

Com um temperamento muito dócil e tranquilo, o Whippet é extremamente indicado para famílias com crianças. Certamente ele irá se divertir muito com os pequenos!

Por ter uma origem de cão de caça, é preciso acostumá-lo com animais menores desde pequeno. Ele era utilizado para caçar pequenos roedores, como coelhos, por isso poderá confundir um gatinho com o orelhudo que seus ancestrais costumavam perseguir.

O Whippet possui um porte bastante atlético, portanto será necessário levá-lo para brincar em áreas externas e parques todos os dias.

Mas se quiser criá-lo em apartamento, ele irá se adaptar muito bem. Ele adora estar sempre perto de seus tutores. Mantendo uma boa rotina de exercícios, ele terá uma vida bastante saudável.

Por ser bastante sensível e reservado, ele não responderá bem a tratamentos mais severos. Mas possui alta adestrabilidade, por isso será fácil ensinar alguns comandos a ele.

Pelagem e cores

As cores malhadas são típicas da raça. Crédito: Arbor-Sarah-F por Pixabay

Os seus pelos são bastante curtos, finos e rentes ao corpo. Dessa forma não necessita de cuidados especiais, bastando somente uma escovação semanal para eliminar pelos mortos.

Já entre as cores aceitas para a raça estão vermelha, branca, preta, amarela, azul e malhada.

Cuidados especiais

Eles adoram atividades ao ar livre. Crédito: Karen Arnold por Pixabay

Os cães da raça Whippet costumam ser bastante saudáveis, desde que seja mantida uma rotina diária de exercícios e uma boa alimentação.

A única preocupação dos tutores será com o fato de eles terem membros bastante finos, apesar de musculosos. Portanto podem adquirir lesões durante os exercícios e brincadeiras.

É indicado, então, ficar sempre próximo do seu cãozinho quando ele estiver em áreas livres, para poder evitar acidentes.

História

No frio, é preciso agasalhar bem o Whippet. Crédito: Christian Burton por Pixabay

Os primeiros cães da raça Whippet surgiram no final do século XVIII, nos campos do norte da Inglaterra. Os filhotes precursores da raça foram originados de cruzamentos das raças Greyhounds – ou Galgo Inglês – e Terriers.

Naquela época, por serem bastante ágeis e ótimos em perseguição, os camponeses utilizavam os Whippets para caçar pequenos roedores, principalmente os coelhos.

A estima de seus tutores era tanta que esses cachorros eram tratados como membros da família, dormindo dentro de casa e até mesmo na cama com as crianças. A partir daí que o Whippet passou a ser bastante caseiro.

Com a Revolução Industrial, o número de pessoas vivendo em área rurais caiu, fazendo com que o dom de caçador do Whippet não fosse mais tão explorado.

Assim, os tutores acharam uma nova forma de valorizar os talentos do Whippet: começaram a organizar competições de velocidade com o cãozinho.

Como as corridas de Whippets não eram tão populares quanto a dos Galgos, a raça passou a ser utilizada pelos mineradores – mais pobres -, por isso os cães da raça passaram a ser conhecidos como “cavalos de corrida do pobre”.

A raça foi reconhecida somente em 1988 e se popularizou na Europa e nas Américas, por conta da graciosidade e da elegância dos cachorrinhos.  

COMPARTILHAR
Artigo anteriorRabo de cachorro: como entender
Próximo artigoPor que gato dorme tanto?
Adoramos ler, escrever e falar sobre pets! Amamos cães, gatos e todos os animais e estamos aqui para te ajudar a entender tudo sobre o seu amiguinho, tirar dúvidas, se divertir, rir, emocionar e conhecer várias dicas importantes.